Quem e "Negro" aqui no Brasil?

García-TP0-Andre Cypriano
Pai e Filho

Para Kabengele Munanga, professor-titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, não é fácil definir quem é negro no Brasil…ele classifica a questão como “problemática”, sobretudo quando se discutem políticas de ação afirmativa, como cotas para negros em universidades públicas.”Com os estudos da genética, por meio da biologia molecular, mostrando que muitos brasileiros aparentemente “brancos” trazem marcadores genéticos africanos, cada um pode se dizer um afro-descendente. Trata-se de uma decisão política”, afirma(…) Os conceitos de negro e de branco têm um fundamento etno-semântico, político e ideológico, mas não um conteúdo biológico. Politicamente, os que atuam nos movimentos negros organizados qualificam como negra qualquer pessoa que tenha essa aparência. É uma qualificação política que se aproxima da definição norte-americana. ” Nos EUA não existe pardo, mulato ou mestiço e qualquer descendente de negro pode simplesmente se apresentar como negro. Portanto, por mais que tenha uma aparência de branco, a pessoa pode se declarar como negro.No contexto atual, no Brasil a questão é problemática, porque, quando se colocam em foco políticas de ações afirmativas – cotas, por exemplo –, o conceito de negro torna-se complexo. Entra em jogo também o conceito de afro-descendente, forjado pelos próprios negros na busca da unidade com os mestiços.

Se um garoto, aparentemente branco, declara-se como negro e reivindicar seus direitos, num caso relacionado com as cotas, não há como contestar. O único jeito é submeter essa pessoa a um teste de DNA. Porém, isso não é aconselhável, porque, seguindo por tal caminho, todos os brasileiros deverão fazer testes. E o mesmo sucederia com afro-descendentes que têm marcadores genéticos europeus, porque muitos de nossos mestiços são euro-descendentes.

Esta a impertinente pergunta que mais se faz em qualquer discussão sobre ações afirmativas em nosso país.(por:Ademir Barros dos Santos)

Paralisados pela incabida busca da impertinente resposta, nenhuma atitude séria é tomada – porque, para que se distribua corretamente as ações voltadas aos negros, é necessário, no mínimo, saber quem são eles, evitando distorções. A resposta, porém, é complicada: o Brasil tem, aproximadamente, quarenta por cento de sua população composta por mestiços; que são negros não tão negros assim. Daí que é difícil reconhecer o negro que não é negro, porque mulato claro; e se for tão claro que necessite provar que é negro para que os não negros se convençam? Vamos por partes. Em primeiro lugar, o que é “negro”? Os que têm a pele preta, é claro. Mas, e os outros, que descendem de pretos, mas também de brancos…ou não, poderiam ser mulatos?Essa nova gente, mistura de senzala com instintos animais, causou problemas sérios de classificação: o norte-americano só vê, além do índio, o branco e o negro, aqui incluindo os mulatos; na África do Sul, o mestiço é o “colored” que, assim como os negros, não alcança posições sociais, já que carrega o sangue escuro, mesmo quando não carrega o preto da pele.A América Latina vê de outra forma o mestiço  aqui, o que importa é a cor, não a ascendência em si; daí o problema, já que o mestiço destila e carrega todo o mosaico marrom que cabe entre o preto e o branco…!
Portanto, a pergunta “quem é negro no Brasil” é, no mínimo, impertinente; e qualquer resposta é errada! O que torna forçoso admitir: exigir prova de negritude de qualquer sujeito brasileiro, é pura perda de tempo; é atirar intelectualidades ao lixo; é desgastar argumentos fortemente assentados no nada.
  
Ser “negro” no Brasil, hoje, é sentimento é estado de espírito!
Anúncios
Esta entrada foi publicada em maio 18, 2011 às 9:15 pm e está arquivada sob Kabengele Munanga, nero de pele escura, o que e ser negro?, quem e negro. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: